Mitos populares da psicologia

Os-50-maiores-mitos-populares-da-psicologia__g219684A Gente editora lançou em 2010 o livro “Os 50 maiores mitos populares da psicologia“, escrito por quatro pesquisadores da área de psicologia, alguns deles bem conhecidos dos leitores de publicações céticas como o Skeptical Inquirer, como é o caso de Scott O. Lilienfeld e do, prematuramente, falecido, Barry L. Beyerstein. Estes autores, juntamente com Steven Jay Lynn e John Ruscio, fizeram uma grande compilação e catalogação daqueles que eles consideram os 50 maiores mitos populares sobre psicologia, isto é, ideias que são normalmente atribuídas ao conhecimento psicológico e aceitas como fatos, mas que na verdade não têm qualquer apoio empírico mais rigoroso, quando não são mesmo contrariadas pelas evidências disponíveis. O livro assume uma abordagem bastante inspirada, uma vez que ao mesmo tempo que os mitos são enfrentados e devidamente desconstruídos, sempre que possível, os autores tentam apresentar os conhecimentos reais, disponíveis sobre aquelas área com as quais os mitos estão relacionados. Isso é muito importante por que tornam o livro muito mais do que um simples tratado de desmentidos, mas um instrumento efetivo de informações científicas positivas.

Devido ao pequeno tamanho (o livro tem 400 páginas) e os muitos mitos abordados, o tratamento às vezes é um pouco superficial, porém ainda assim muito bem feito. Um ponto importante é que alguns dos princípios chave para a avaliação de ideias em psicologia (e em ciências de modo geral) e dos fatores que tornam as pessoas tornarem-se suscetíveis ao mitos e a desinformação (e que são explicados no começo do livro) são lembrados e discutidos várias vezes durante o exame dos mitos. Complementando as análises críticas do 50 mitos, ao final do livro, além de uma vasta bibliografia, os autores também propõem outros mitos que sugerem serem explorados e avaliados pelos próprios leitores, incentivando a busca por mais informações e o cuidado ao avaliar as alegações com que nos deparamos ao longo de nossas vidas sobre a mente e o comportamento humano.

——————————————-

Referência:

  • Lilienfeld, Scott O., Lynn, Steven Ja, Ruscio, John, Beyerstein, Barry L. ‘Os 50 maiores mitos populares da psicologia.’ São Paulo: Gente editora, 2010. 400 pg.

About rodveras

I'm a biologist and science writer who loves philosophy and sciences.
This entry was posted in Ciências cognitivas, Filosofia da ciência, Filosofia da Mente, Neurociências, Pseudociências, Uncategorized. Bookmark the permalink.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s