Agora é a vez do Megalodon

Se já não bastassem as sereias, o Discovery Communications (responsável pelo Discovery Channel e pelo Animal Planet) enfia o pé na lama mais uma vez, e se afunda ainda mais no lodo da falta de seriedade, com outro pseudo-documentário, desta vez sobre o Megalodon,

 PASCAL  GOETGHELUCK/SCIENCE PHOTO LIBRARY

PASCAL GOETGHELUCK/SCIENCE PHOTO LIBRARY

uma gigantesca espécie de tubarão já extinta e que, de acordo com o apresentado no programa, teria sido avistado e documentado este ano. O programa que é completamente ficcional, tirando algumas informações sobre os estudos baseados nos dentes fósseis encontrados deste animal, traz apenas um pequeno aviso em letras pequenas, e que permanece por 3 segundos visível na tela, explicando a natureza ficcional do programa, mencionado que avistamentos de ‘submarinos’

CHRISTIAN DARKIN/SCIENCE PHOTO LIBRARY

CHRISTIAN DARKIN/SCIENCE PHOTO LIBRARY

(como, às vezes, são chamados tubarões brancos de grande porte) ainda são feitos que, por sinal, é o máximo que pode ser dito sobre ‘evidências’ da existência de espécimens vivos do Megalodon, o que é tanta evidência quanto temos para o monstro de Loch Ness.

Isso não é só triste, mas revoltante. A produção e veiculação deste tipo de programa envolve conscientemente contar com a incapacidade de diferenciar a verdade dos mitos dos telespectadores que têm em canais como o DC e AP suas maiores fontes de informação sobre ciência, tecnologia e história natural.

Ao invés de informar e entreter, estes canais só querem aumentar seus níveis da audiência. Veja também reportagem da CNN neste link.

———————————————–

Referências:

About rodveras

I'm a biologist and science writer who loves philosophy and sciences.
This entry was posted in Dor de cabeça, Pseudociências, Uncategorized. Bookmark the permalink.

10 Responses to Agora é a vez do Megalodon

  1. Leandro Rosa says:

    Olá,

    Gostei muito dos seus comentários, principalmente em relação aos “documentários” veiculados pelo AP e DC sobre sereias. Quando vi os vídeos, fiquei com muitas dúvidas, percebi muitas falhas nas argumentações e passei a pesquisar sobre o assunto. Realmente não existe sequer uma boa evidência sobre a existência destes seres, vejo que a vontade das pessoas em acreditar neste assunto supera a vontade de aprender sobre o pensamento científico.

    Observo constantemente este padrão de comportamento em outros tipos de crenças, como, por exemplo, extraterrestres. As pessoas acreditam em charlatões como J.J. Benitez e Erich Von Daniken, e simplesmente ignoram grandes e famosos cientistas como Carl Sagan, Neil Degrasse Tyson e Michio Kaku, estes quais estão entre tantos outros que procuram propagar os conhecimentos da ciência de forma didática e simples.

    Infelizmente é mais fácil crer do que estudar, canso de ter conversas com pessoas que misturam conceitos científicos com “achismos” ou com espiritualidade. Em muitas situações vejo que a base de argumentação é tão fraca que não consigo sequer iniciar a linha correta de raciocínio, em virtude da falta de conhecimento deste tipo de pessoa.

    Agradeço seus posts, irei ler com frequência!

    Abraços,

    • rodveras says:

      Obrigado por comentar por aqui, Leandro. Você está certo, muitas pessoas preferem acreditar naquilo que lhes é mais gratificante ou conveniente do que naquilo para o qual existem boas evidências. Balancear o ceticismo com a admiração pelo novo é uma tarefa complicada e muitas pessoas acabam optando por deixarem-se levar só pelas aparências sem exercerem qualquer crivo crítico. Porém, quando canais como o DC, AP e o HC, que supostamente deveriam fornecer entretenimento a partir de informação científica e factual de boa qualidade, fazem este tipo de coisa, fica ainda mais difícil para as pessoas menos críticas não serem engambeladas.

      Bem vindo ao blog.

      [ ]s

  2. Pingback: Agora é a vez do Megalodon | Biologia na Web

  3. gabriel says:

    quero a reportagem completa !! alguem me ajuda ?

    • rodveras says:

      Você quer dizer o programa completo? Ele passou há algumas semanas na semana/mês do tubarão no Animal Planet. Deve reprisar este mês ainda. Dê uma olhada na grade de programação.

      Agora, eu aviso de novo, caso vc não tenha lido o meu post: O programa é pura ficção. Não encontraram nenhuma evidência sólida de um Megalodon vivendo nos dias de hoje. Este programa, como os dois sobre as sereias e o sobre dragões são todos pseudodocumentários, docuficções etc. Eles fingem estar lidando com cenas reais e entrevistas reais para cativar os telespectadores e dar um gostinho de aventura, mas são apenas histórias completamente inventadas. Nenhum das pessoas que aparece ali são cientistas de verdade.🙂 Obrigado por comentar.

  4. Anielton Camargo says:

    No início do programa sobre o megalodon surge uma filmagem de um suposto ataque a um barco. Suspeitei da veracidade quando percebi a alta qualidade da câmera e pelo fato que no caso em questão ninguém sobreviveu, e mesmo assim a filmagem do rosto dos integrantes a bordo era explicita, algo incomum. Não sabia nem da existência desse megalodon, mas foi uma produção forçada. Ha tempos o Discovery pesa mais para o lado do show business que para a ciência.

    • rodveras says:

      Obrigado por comentar, Anielton. Realmente, existem várias coisas perfeitas demais para um documentário, não é? Não vejo porque eles não poderiam ser mais explícitos ao explicar que esses programas são todos ficcionais, ao invés dos aviso em tela que duram três segundos e são ambíguos. Não dá para deixar de concluir que a audiência e não a informação de qualidade é o alvo dos canais Discovery.

      Grande abraço,

      Rodrigo

  5. Pingback: Tubarões, submarinos e o poço sem fundo da vergonha que viraram os canais discovery. | calmaria&tempestade's Blog

  6. Gleydson Tudors says:

    A tempos que o DC,History e NG não vem com boas atrações, pra mim a History morreu porque a 3 anos só passa a mesma coisa Alienígenas do Passado, Trato Feito e outras porcarias sem conteúdo.

    • rodveras says:

      Obrigado por comentar, Gleydson.

      Realmente, infelizmente esses canais tornaram-se interessados apenas em audiência (principalmente nos casos do DC, AP e HC, com o NG oscilando) e, alguns deles, parece que abriram mão completamente de passar informações minimamente precisas. Dão cada vez mais espaço à pseudociência e embustes sensacionalistas ficcionais disfarçados de documentários, como os que temos visto por aí.

      Grande abraço,

      Rodrigo

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s